segunda-feira, maio 08, 2006

Noite da mulher!

Este fim de semana, depois de muitos convites recusados, decidi ir jantar com uma grande amiga. Primeiro jantar, e depois farra que ninguém é de ferro, e isto de andar sempre a trabalhar e a chorar misérias tem de acabar.

Fomos jantar a um bom restaurante, comemos uma boa comida e bebemos um bom vinho. As conversas, entre nós, amigas há mais de 20 anos, surgem naturalmente, eramos inseparáveis quando adolescentes. Hoje como mulheres somos grandes amigas.

Eramos uma dupla imbatível as duas, a verdade é que eramos 3 (como as mosquiteiras), só que uma de nós era muito apagada, enquanto que as outras duas faziam a festa toda. Hoje continuamos as 3 muito amigas. Mas a 3ª não foi porque tem uma bébé com 3 meses.

A minha amiga tem dois miúdos, então a nossa conversas oscilou entre os prazeres/martírios da maternidade e a infertilidade (a minha). Ela queixou-se de que com os miúdos não tinha tempo para nada, não podia dormir até tarde, não podia descansar um minuto quando estava em casa, etc. etc. Mas, chegou à conclusão que realmente se não os pudesse ter que dava em doida, disse-me: "não sei o que fazia se não os pudesse ter... acho que ficava maluca! Não sei como consegues!"

Bom, depois de um jantar óptimo, fomos para uma bar óptimo, onde se juntou a nós mais uma amiga (que deixou a filha com o marido!), e encontramos outros amigos, e dançamos e conversamos até ás tantas da madrugada. Soube tão bem, vocês nem imaginam...o que não soube nada bem foi ter chegado a casa às 5h00 para ter de estar a trabalhar às 9h00...

O engraçado disto tudo, é que reencontrei, depois de milhões de anos, a minha paixão dos 12 anos. Nem vos digo, olhei para ele e disse para a minha amiga: "Aquele não é o X?" - ela "É acho que é!... Espera ... é ele é!"

Tão diferente que ele estava, ainda que os traços fossem os mesmos, continua bonito como era, só que naquela altura era um puto, agora é um homem. Já esteve casado, teve filhos e agora está divorciado. Há tanto tempo que não o via...

Caricato, é que quando eu tinha doze anos (ele tinha mais alguns), não queria saber de mim para nada, nem sabia que eu existia, na sexta-feira, derreteu-se comigo... Pois é meu querido... vens 23 anos atrasado!! É assim a vida!

Beijos a todas

Quero deixar um beijinho especial para a minha Mosquiteira Alex que vai fazer a sua consulta: "Amiga vai correr tudo bem! Estou a torcer por ti!!"

15 comentários:

cris disse...

Estou mesmo a precisar de uma borga dessas!! Sabe tão bem quando eles passados esses anos todos se arrependem de nos terem deixado escapar!!!EEHEHEHE
Beijos Grandes

Musa disse...

Amiga, que saudades duma noitada de "gajas"!!!!!
Também estou a torcer mto pela nossa Alexandra e, claro, por ti!
Espero que a minha história te dê ânimo para a tua luta e que mto em breve sintas tb esta alegria imensa...
Obrigada por tudo, de coração...
Mtos beijinhos da amiga,
Musa

Alexandra disse...

Ai amiga...q saudades das noitadas!!!
Apesar de não estar com espírito para grandes festas, no sábado acabei por ir a uma noite (divertidíssima) de fados de Coimbra com os meus pais e uns amigos e cheguei a casa já passada das 2 da manhã (nota: o meu marido estava em VR).
Um beijinho grande e muito obrigada pelas tuas palavras!! Depois conto-te as novidades da consulta...
Alexandra

Lita disse...

Quanto a noitadas eu não me posso queixar. Com ou sem maridão sempre que há oportunidade eu vou, sejam noitadas de gajas ou mistas, o que importa é aproveitar todos os momentos para descontrair e divertir.
E que história é essa do amiguinho te contar a história do bandido??? Querem lá ver isto??? Coitado, deve de ter pensado como foi burro...

É assim mesmo a vida.
Beijinhos,
Lita

Tiquinha disse...

que saudades duma noite dessas!!!
ja tenho saudades vossas!!!!
beijos tica

Bem Me Queres disse...

Eu adoro essas "ladies nights". De vez em quando tb faço o mesmo e divirto-me imenso.
Beijinhos doces
Cláudia

Clara Sonhadora disse...

A isso se chama aproveitar a noite!!!

Andava a precisar fazer 1 coisa dessas....

Beijos

Sol disse...

Eu também de vez em quando me escapo nessas noites e acho simplesmente divinais.

Um beijo enorme.
Susana

cris disse...

Amiga obrigado pelo apoio!
Beijos

Penélope disse...

Eu "amo" sair com os meus irmãos e com os meus amigos - acho mesmo que vou continuar com as noitadas até a barriga me permitir ;)
Gostei da tua conclusão ... vens 23 anos atrasado ! :)
Mil beijos

Raquel disse...

Adoro esses reencontros :) Não, não estou a falar de amigas: estou a falar das paixões das nossas vidas!!! Então quando se derretem por nós melhor ainda!!!!! É muito bom para o nosso ego!
Bjs,
R

Tiquinha disse...

ai miga continuo viva!!!! um frangalho mas viva!!! Não e que agora lhe deu para ter enchentes??? e eu solita!!!
tb tenho saudades!!!!
beijos tica

kitty disse...

:)
Que boa noitada!
Também me desforrei neste fim de semana!
Beijinho

cris disse...

Obrigado pelo apoio amiga!!!
Um grande beijo

Anónimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu