quarta-feira, maio 24, 2006

Finalmente.... A FIV

Existem coisas na nossa vida, que nos causam dualidade de sentimentos, hoje aconteceu-me uma que me pôs exactamente nessa situação: Marquei o meu 1º tratamento de FIV.

Se por um lado, a alegria de finalmente sentir que estou a a"fazer alguma coisa de concreto", por outro lado a apreensão de ir entrar num mundo desconhecido está a gerar dentro de mim uma ansiedade e um terror genuino, e por vezes tenho de me forçar para não chorar.

"A mulher é maluca! Então não é isso que todas queremos?", pensam vocês, e se calhar têm alguma razão naquilo que dizem, mas honestamente isto é aquilo que sinto. Sinto um misto de terror e felicidade, e este sentimento está a ser desconcertante.

Mas vou começar pelo princípio:

Na segunda-feira tive consulta, era por demais evidente para nós cá em casa, que "a coisa" não pegava e que, mesmo depois da cirurgia que fiz em Outubro, as criancinhas teimavam em não aparecer. Como a maioria de vós sabe, tenho endometriose, ainda que pouca, tenho! E um dos grandes problemas da endometriose é que durante o período menstrual e até mesmo antes, as dores são "horriveis". Logo a seguir à cirurgia fiquei bastante melhor, mas o panorama foi-se degradando e eu decidi antecipar o tratamento que tinha agendado para Setembro. Por isso fui fazer uma visitinha ao meu médico na 2ª.

Posto isto, avançamos com a marcação da primeira FIV (agora um aparte, eu acho que existe albuns e livros dedicados "a minha primeira comunhão", "o meu casamento", "o meu baptizado", porque não fazer um a dizer "a minha primeira FIV"?? deprimente não??). Claro que não vai ser já, porque tenho ainda de fazer a histeroscopia (vou fazer na 6ª), e depois tenho de ficar a aguardar a próxima menstruação, para iniciar a toma da pilula (quem diria o pessoal quer engravidar e receitam pilulas...), mas está marcada!

O protocolo é longo, o que deixem que vos diga me deixou aborrecida, então vai uma mulher andar a "picar-se" durante quase 1 mês, isto lá é coisa que se faça? Se fosse o curto a coisa ficava logo resolvida em pouco tempo... eu não sou cá mulher de grandes esperas (mas não sou eu que mando!).

Trouxe uma "catrefada" de medicamentos com nomes horrorosos para comprar, os quais tenho a certeza vão contribuir para a minha ruína financeira, juntamente com umas "sacadas" de compras que fiz noutro dia (porque andava deprimida percebem?)... a isto vem juntar-se um casamento que vou ter e para o qual vou ter de comprar mais umas coisitas, e se a isto juntarmos a prenda... bem mas não era disso que estava a falar, estava a falar dos medicamentos com nomes inpronunciaveis, que devem ter efeitos secundários ainda mais inpronunciaveis que vou ter de tomar.

Mas o pior disto tudo, é eu ter de converter a minha casa, o meu lar, numa casa de "chuto", então não querem ver que eu tenho de dar as injecções a mim própria?! Tenho até de ir ter aulas para aprender como se faz?!?! Ah! Minhas amigas!! Nunca pensei que teria de chegar até aqui...

É verdade, e agora fora de brincadeiras... nunca pensei que tivesse de passar por isto... tudo na minha vida foi conseguido a "pulso", nada me veio ter de "mão beijada". Trabalho que me farto para ter alguma coisa... enquanto vejo outros que têm tudo com a maior das facilidades, que sempre tiveram... revolto-me! Eu sei que não devo... mas revolto-me! As lágrimas querem cair, mas não as deixo... queimam-me... porque será que para algumas pessoas é tudo tão fácil? E para outras é sempre tudo tão duro?

Pronto, e este é o desafio de que vos falava... na segunda-feira ainda não sabia mais pormenores, sabia que ia fazer, mas não a data exacta, hoje fui buscá-la... o desafio foi aceite!

Beijos para todas

10 comentários:

cris disse...

Minha querida star fico muito feliz por este passo, por este novo desafio, como lhe chamas, sim porque é um verdadeiro desafio - o desafio do milagre da vida!!
Quanto ás picas, aí esta mas um desafio, cá em casa, é o L. que mas dá, eu simplesmente não consigo picar-me, tem mesmo que ser ele. Assim, passas a ter um enfermeiro particular!! Que chique!!!
Beijos Gordosssssssss

Raquel disse...

Não desanimes porque é positivo estares a andar em frente! As injecções não custam nada (e quem fala é uma pessoa que detesta agulhas e até já recusei um emprego SUPER importante porque me pediram análises médicas que envolviam tirar sangue e eu na altura - recém formadinha - me recusei!!!!).
Vais ver que corre tudo bem e passa num instante!
E quanto aos livros, tenho outra sugestão. Que tal recorrer à nossa velha amiga Anita e lançar o "Anita faz uma FIV", na linha do "Anita vai ao ballet" ou "Anita compra um cão"? :))))
Bjs XL,
Raquel

IC disse...

Não custa assim tanto as picas, o preço dos medicamentos é que é pior e o da Fiv.Mas pelo menos estas a fazer alguma coisa para alcançares um desejo.
Desejo-te boa sorte para o desfio.

Tânia disse...

Vais ver que as picas não custam assim tanto, e que afinal até davas para enfermeira e tudo.

Beijinhos

Norita disse...

Estou certa que vais superar esse desafio com grande distinção. Desejo que corra tudo bem e que no final tenhas boas novas para todas, principalmente para ti claro :)
Beijinhos ferteis
norita30

Alexandra disse...

Amiga,
Preciso de falar contigo com urgência!!! Logo à tarde estás no msn??

Em relação a este teu post, só te dou um conselho: leva as coisas devagar, um dia de cada vez, ok? De resto, nós estamos por cá para aturar o teu nervoso miudinho ;-)
Beijinhossss
Alexandra

kitty disse...

Linda, força! Vai correr tudo bem!
O desafio vai ser superado!
Beijinho

Tiquinha disse...

Não preciso de te dizer mais nada!!
é so mais um salto de fé....este um bocado mais violento....mas eu tenho muita f´e em ti, e sei que es uma super-mulher!!!!
beijos
tica

Mariazinha disse...

Olá

Desejo te as maiores felicidades do mundo que tudo corra bem e vais ver que não custa nada tornares a tua casa numa sala de chuto :O) :O) é por uma boa causa .

Boa sorte

Milhões de beijos

Bem Me Queres disse...

Amiga, a minha casa tb está em estado de sítio :) Seringas, agulhas, há de tudo!
Eu tb treinei com a enfª Eugénia as picas e correu mt bem. Vais ver que te vais sair lindamente. É óptimo sentirmos que somos autónomas. Senti-me vitoriosa no dia que dei a 1ª pica!
Beijinhos doces e boa sorte para a histeroscopia!
Cláudia