terça-feira, dezembro 15, 2009

A minha vida dava um filme parte 500

Ante de começar, queria declarar, que os factos relatados, são pura realidade, qualquer semelhança com ficção será mera coincidência.

Eram, 18h30 quando chegamos ás portas da urgência do Hospital Central aqui da região. O cenário que vimos, era digno de qualquer filme de Spielberg (ou outro qualquer com muita imaginação). Um contentor no meio do recinto da entrada das urgências, e vário letreiros com letras garrafais dizendo "Gripe" E setas gigantes indicando o contentor.

Duas figuras espectrais envergando máscaras e luvas, guardavam cada entrada e em todo o recinto, circulavam pessoas com máscaras em grande azáfama. Fechei os olhos e voltei a abrir... Eh pá estamos no "Armagedeon", "no Dia da Independência" ou no "Bin Laden contra ataca"?! Que é isto?!

Á saída do carro, o puto ao ver o arsenal, decide que não quer sair. Eu carregada com a carteira, os RXs, a tentar meter-lhe o gorro e o casaco para o levar para dentro com o mínimo de estragos possíveis. O puto berra e esperneia...

Lá o consigo tirar do carro, e dirijo-me (quão Bree Van Der Camp) à entrada de Pediatria. Um dos espectros enluvados e mascarados dirige-se-me (a mim claro) e pergunta com voz austera:

- O que vem cá fazer?
- Venho cá com o meu filho fazer o despiste da gripe A.

O espectro enluvado, quase já a pôr outra máscara por cima da outra responde-me:

- Ah então tem de se desinfectar e à criança e porem máscaras...
- Olhe lá e como acha que eu vou conseguir fazer isso tudo com a criança ao colo e todas as outras coisas que aqui tenho?
- Ah não pode entrar... Sente a criança ali e desinfecte-se.

Lá coloquei a "criança" na cadeira e fui esfregar as mãos em não sei quê, que deve estar a enriquecer não sei quem, e depois tive de esfregar as mãos do puto e colocar uma máscara. Em mim claro porque ele não colaborou (acredito que se soubesse fazer o gesto do dedo o tinha feito ali mesmo...).

Isto tudo com uma temperatura de 3º, mas que interessa, o puto só tinha uma pneumonia, era dificil apanhar outra por cima...

Por fim lá entramos no Hopsital, para junto dos restantes mascarados.

Agora para dar um toque mais Hollywoodesco...

Algumas horas antes:

O puto, partia a sala de espera do pediatra, subia para o sofá, descia do sofá, abria a porta fechava a porta, a consulta não devia tardar muito. Quando chegou a nossa vez:

- Então L. Não estás melhor?!

A mãe do L. (eu a Bree Van Der Camp):

- Bem Dr. Ele hoje até nem tem febre, mas passou o Fim de semana muito queixoso, e está com tosse. Queria que o auscultasse, e lhe visse a garganta... Não sei...

- Bem mas ele está com óptimo aspecto e está muito activo (L. em cima da marquesa aos pulos);

- Não tem nada na garganta, nos ouvidos também não, a auscultação está normal... A única coisa que está aqui a mais é a febre. Mas como ele hoje ainda não teve febre... Se voltar a fazer febre temos de fazer RX. Mas só se voltar a fazer febre.

- Ok Dr. Obrigada.

Se voltar a fazer febre?! Então e se faz febre de noite? Hummm... É já a seguir! Vai fazer o RX e é já agora.

Fui levar o puto a casa da avó e fui marcar o dito RX, a uma clínica cá da terra que é de uns amigos nossos. Marcaram-me para dali a umas horas. Foi o tempo do puto dormir, ir buscar a mana à escola e levá-lo fazer o RX.

Confesso, que, estava com receio de estar a ser exagerada, de estar a submeter o meu filho a radiações desnecessárias. Mas, havia alguma coisa cá dentro que me dizia para o fazer. Chamem-lhe intuição, premonição, precaução, o que quiserem, mas o certo é que o levei fazer o RX aos pulmões.

Eis que, logo que vimos surgir a imagem no computador, o médico radiologista disse que era pneumonia. Ia tendo um enfarte, o meu passarinho, com uma pneumonia... uma pneumonia aguda (ou qualquer coisa do género), ainda só no pulmão esquerdo.

Feita na hora H, a radiografia, pelo que o médico me disse, mais um dia e o quadro poderia ser mais grave, nesta fase, um antibiótico provavelmente resolveria o problema.

Enquanto estava á espera do relatório ligo para o Pediatra, para ir lá mostrar os exames, digo-lhe que tem pneumonia, e que fui fazer o RX. Ficou muito admirado.

Fui lá mostrar os RX, e fomos encaminhados para fazer o rastreio da gripe A, devido ao aparecimento súbito desta pneumonia na sequência de um quadro gripal que ele vinha tendo desde sexta -feira. O resto já leram no relato da "guerra do Antrax". Agora aguardamos nas boxes à espera do resultado e da evolução da pneumonia.

Conclusão(para terminar em grande estilo):

Mãe é mãe, não precisa de ser médica para saber que algo de errado se passa com os seus filhos.

Beijos a todas

10 comentários:

Susana Pina disse...

Oh! Amiguita, perante um cenário preocupante destes ainda consegues descrevê-lo com imensa graça.
Infelizmente o nosso sistema publico cada vez está pior e quem não conseguir recorrer ao privado corre o risco de ficar pior ou nem sequer ficar cá para contar a história.
De facto mãe é mãe e a intuição nuncxa falha, felizmente para o L. que pode assim curar a pneumonia ainda a tempo.

Um bj muito grande e as melhoras do teu passarinho
susana

Bárbara - Sol e Lua disse...

que filme, mas mãe é mãe, digam o que disserem, eu tb nunca fui de telefonar e ir a medicos mas no outro dia tb me aconteceu isso, de repenete achei que devia ri com o L ao médico....e tinha uma otite e o Kiko escarlatina....são premonições.

mas olha que o médico ficar admirado.....ele não o auscultou?

está melhor?
Bjocasssssssss

Nina disse...

Meu pequenino!
É por estas razões que corro para os hospitais privados (aí não tens gde escolha, não é?:()
Nem quero pensar o que seria desse menino se não tivesse uma mãe tão atenta como tu!
Estou arrepiada desde que me contaste, de manhã.
Vou ler o outro post.
As melhoras, querida.
bji aos 4, e um mt gde nesse lindo passarinho de olhos da cor do Céu.

Grilinha disse...

Ai...que filme.

Se não fosse o sentido de humor , com tudo isto só poderiamos ficar malucas, não ?

Enfim, as melhoras para o L.
Beijinhos

Cegonha - Stork disse...

Oh meu Deus!!

O que te vale é o teu sentido de humor!!!

Só neste País......

Barriguita disse...

espero que não seja nada pior e que se for gripe A, que seja como a do Pedro. quanto à pneumonia, coração de mãe não se engana e ainda bem.

beijinhos grandes e as melhoras

Pensamentos e Cª disse...

Bolas...eu cá como tenho trauma dos RX (de cada vez q ia ao S. João com uma bronquiolite faziam-lhe um), talvez não tivesse tido o teu sangue frio!
Espero q o L. melhore depressa.

Um beijinho grande
Alexandra

Lebasiana disse...

POSSA! COMO É QUE ESTE POST ME FALHOU?!

qual filme, qual carapuça... isto é um grande susto!

como estão?! já pergunto pelos dois, claro!

e tu?!

possa!

desculpa! jinhos cheios de força!

Anna72 disse...

Que grande filme mesmo! E, embora tenhas descrito a situação de forma humorística, não tem piada nenhuma!

Espero que o pequeno L. esteja totalmente recuperado.

Beijocas!

maldives cruise disse...

This is my first time comment at your blog.Good recommended website.