quarta-feira, outubro 01, 2008

Esta época do ano é sempre de grande intensidade laboral para mim. Até aqui nada de novo, só que a minha pequena prole a cada dia fica mais exigente, o que tudo junto faz com que ainda acumule mais cansaço.



Sempre me disseram que quando eles começassem a andar é que eu ia ver o que era ter trabalho. Eu sempre disse, que iria preferir essa fase à fase das mamadeiras e dos choros das cólicas. E de facto aprecio muito mais agora do que anteriormente, mas que dá cá uma canseira... Isso dá!



Eles é saltarem para cima das cadeiras, mesas, sofás; Ligam e desligam as luzes, televisões vezes sem conta; tentam agarrar (e na maior parte das vezes conseguem) tudo o que está em cima dos móveis; Atiram comida em todas as direcções e por vezes enfiam os pratos cheios na cabeça como se de chapéus se tratassem; Se apanham papel higiénico é vê-lo espalhado pela casa fora... Enfim...



A minha casa já esqueci. Está sempre completamente caótica: Os brinquedos espalhados por todo o lado, as cadeiras deitadas no chão para eles não subirem para cima delas, os móveis despidos, tudo o que eles não possam mexer colocado em sitios altos estratégicos o que se torna até piada, por exemplo quando vamos à casa de banho e temos de fazer uma ginástica imensa para chegarmos ao papel higiénico.



São imensamente curiosos e principalmente como diz o pai: "São dois!" - Andam sempre atrás um do outro e se falta um o outro pergunta logo: "A mana?" - "O mano?"



A parte boa da questão é que depois das férias já adormecem sózinhos nas suas caminhas. Há horinha deles lá os vou deitar e já ficam quietinhos sózinhos com a luz apagada e adormecem. Por isso amigas que adormecem os bebés ao colo: "Não se preocupem, na hora certa eles vão começar a adormecer sózinhos!"



O L. ainda não dorme a noite toda, ainda acorda muitas vezes ao meio da noite e por vezes fica acordado durante algum tempo. Dou-lhe um leitinho, mas nem isso é suficiente para ele pegar no sono outra vez, muitas vezes fica a dar voltas na cama, tal e qual como nós quando temos insónias. O meu desespero por não poder dormir é muito, mas tenho muita pena dele e lá o vou tentando acalmar para ver se ele pega no sono outra vez. Quando passadas um ou duas horas ele pega no sono, eu já exausta não consigo dormir, depois quando adormeço já está na hora de levantar... Ando exausta, ás vezes acho que se me deixassem dormia uma semana seguida.



Agora também, começo a ter de assumir coisas que até aqui tinha deixado ficar para trás. E vou ter de começar a acompanhar alguns eventos profissionais fora do país. Vou começar já em fins de Outubro. Tenho de me ausentar do país durante 4 dias, nem ando bem... Vai ser a primeira vez que fico longe deles, ando com o coração apertado.

Beijos a todas

10 comentários:

Barriguita disse...

pois, amiga, com 2 deve ser tudo mais intenso! e se tiveres aí uns pestinhas da mesma espécie do meu pestileca cá de casa, então estás tramadita.

Que bom que já adormecem sozinhos... com o Pedro é igual, quando tem soninho diz adeus e lá vai para cima deitar-se com o Papá ( se for eu, quer colinho!)

Quanto a noites, por cá a pediatra aconselhou Sonomil... fez efeitos, ele dormia a noite toda. Entretanto parámos de dar e talvez seja por eu estar impossibilitada de pegar nele, o certo é que tem acordado para o seu leitinho.

Beijocas

Nina disse...

Andas com o coração apertado e com toda a razão! Não queria nada estar no teu lugar.
Quanto ao estado da casa!Bem! Se com um já é difícil, imagino com dois!Lol! Como é que ainda resistes?! Pelo sorriso deles, não é?:)
P.S: o encontro neste domingo não será possível, porque não estarei cá. Na 2ª é feriado em Gondomar (se os miúdos não me mentiram) e vou aproveitar para me pôr a milhas daqui!:)
Depois combinamos...com a Alexandra tb!
Xi mt gde

Susana Pina disse...

Imagino a canseira, mas acaba por ser compensada pela felicidade que é vê-los crescer felizes e saudáveis, não é amiga?
Quanto à ausencia forçada que vais fazer, vão ser só 4 diazitos, pensa que passam depressa, imagino que custe muito não só a ti, mas também a eles, mas vais ver que o tempo passa a correr e de certeza que irão ficar muito bem entregues.
Essa da comidfa pelo ar, e dos pratos enfiados na cabeça...hihihihihi!!! amiga desculpa, sei que deves ficar "azul", mas eu adorava ver...
Um bj enorme
Susana

Lita disse...

Oh amiga,
Realmente a tua vida é uma roda viva.
Sei que tudo o que fazes é por eles, e com prazer, mas como diz o teu marido e muito bem "São dois", o que vos dá trabalhos dobrados.
Mas por muitos cabelos brancos que possam surgir a verdade é que cada traquinice vale ouro, certo?

Quanto à viagem devo imaginar o quanto já deves de estar a sofrer por antecipação, o que aliás acho muito normal, mas verás que apesar das saudades os 4 dias irão passar rápido.

Beijos grandes a essa família linda.

Anna72 disse...

Imagino a roda viva em que andas :) Não deve ser nada fácil ter dois pimpolhos a colocarem a casa em estado de sítio. Porém, na altura de receber mimos deve ser uma delícia (a dobrar).

Acredito que te custe imenso deixá-los 4 dias mas eles vão ficar bem entregues e tudo há-de correr bem.

Beijocas.

Mãe da Tiz disse...

Imagino o teu cansaço... Eu qd chego a casa só tenho uma e há dias que ando de rastos...
Bos sorte na nova etapa que se aproxima, depois habituam-se às viagens... tu e eles!

Beijos***

Raio de Sol disse...

pois...com 2 deve ser mesmo uma canseira!

e esses 4 dias vão passar logo, vai correr tudo bem, e logo vais estr com eles de novo!

beijokas

Sónia e MI disse...

:)))
A descrição da casa eu conheço LOLOL, imagino se fosse a dobrar :S

beijinhos grandes!!

Grilinha disse...

Eis algo que entendo a 100 %...
Parece que o nosso cordão umbilical nunca foi cortado , mesmo...

Mas enfim. Há coisas piores, por isso até acabará por saber bem na volta.

Acredito que seja uma azáfama nessa casa, mas também uma grande alegria. Beijo

Bem Me Queres disse...

Pelo menos não falta animação aí por casa :) Eu nem quero imaginar as minhas qd chegarem a essa idade. Com 3 meses já estão cheias de manhas!!!
Beijocas nossas