sexta-feira, junho 13, 2008

Pic - Pic

Nestes dias um pouco ausente, devido ao avolumar de trabalho, e aos jogos da selecção claro (??!!). O calor aperta (finalmente), e a preguiça mental toma conta dos nossos pequenos momentos de ócio (muito pequenos actualmente).


Vou seguindo à distância as diversas viagens dos blogues amigos, uma reais, outras metafóricas e vou aguardando e torcendo para saber como correram. Nostálgica tenho saudades de outros aromas, de outras viagens. O tempo corre e com ele mais um aniversário daquela que foi para mim a viagem das viagens.

Em tempo de nostalgia, fomos no feriado fazer um piquenique (??!!). Há tantos anos que não fazia um piquenique!

O grupo era grande, com muitos miúdos à mistura. As mantas, as almofadas, as lancheiras carregadas de iguarias, os pratos e copos de plástico, os brinquedos, as bolas para jogar na relva, tanto sabor nostálgico.

Foi o primeiro dos pipizes. Para eles tudo novidade, não pararam de brincar com os amiguinhos, com os brinquedos dos amiguinhos e de andar de um lado para o outro. Andaram a debicar de prato em prato, e cada dia que passa é mais dificil mantê-los afastados daquelas iguarias que a mãe considera proibidas (ou seja, quase tudo que nós comemos). Adoram comer e pedir comidinha da que estamos a comer, acho que é sobretudo a descoberta dos novos sabores que os fascina.

Vimos os patos e os peixes, corri atrás deles e eles atrás de mim, e tive aqueles momentos de undercoreved relax, em que me deixei estar sentada a conversar numa aprente descontração, embora, sempre com o olho em cima deles, pronta a saltar quando me desapareciam do ângulo de visão. Iam e vinham sempre de braços abertos e sorrisos rasgados para o colo da mãe com abracinhos e as palavras mágicas - "Mãeeee"; "Mãmã".

Ao meio da tarde cansados de pura exaustão, dormiram deitados numa toalha e cobertos com os casacos, comigo sentada ao lado a velar pelo soninho e a olhar enternecida para aquelas carinhas de anjo que são os meus filhos, as minhas jóias mais preciosas.

Fazem as delícias de todos, estão a crescer serenos e meigos. Aqueles que eram uns bebés berrões estão agora mais calmos, interagem com as outras crianças com serenidade. É claro que continuam a existir aquelas sessões de choro sem nexo ao fim da tarde, há dias que estão calmos, outros estão mais chatitos.

Beijos a todas

7 comentários:

Lita disse...

Minha querida,
As tuas palavras reflectem bem o estado de felicidade em que vocês vivem.
É tão bom ouvir-te falar deles.

Beijos grandes e bom fim de semana.

Sem Desistir disse...

Pois é, tenho certeza que os teus pipizes são as tuas jóias mais preciosas.
bjs

Susana Pina disse...

Este post, é o relato do AMOR incondicional de uma mãe...
Sem correrias do dia-a-dia, a repirar natureza, ar livre e brincadeira, imagino...Têm que repetir...
Um bj grandeeeeee
Susana

Angela disse...

É das coisas que me lembro da minha infância, são os piqueniques (que aqui são obrigatórios na Páscoa) e o adormeçer assim em cima de qualquer manta e tapada com casacos com a minha mãe ao meu lado a conversar com as minhas tias e a rirem, o que aquele riso me embalava....
Vais ver que os teus pipizes se vão recordar assim como eu destes momentos especiais, só tens de manter a tradição do pic-pic !!!
Beijos grandes

Anna72 disse...

Gostei muito deste teu relato! :)

Imagino que tenha sido um dia em cheio!

Beijocas

amora disse...

Pic-nics assim devem ser maravilhosos. São dias mágicos!
Há anos que tb não faço um.

mtos beijinhos para os 3

Anónimo disse...

Li para tráz uns posts e adorei e identifiquei.m especialmente hj com o do futebol.. ser patriota sim, mas ha males q vem por bem. Chega de tanta euforia e de camuflar o que realmente e preocupante...!
Mts Parabéns pelo Baptismo do sonho lindo de ter gemeos (adorava ter gemeos...mas foi uma de cada vez ;)... Amor de Mãe e o mais puro :)
BOM Fim Semana!
www.anamania.blogs.sapo.pt