domingo, dezembro 31, 2006

Último post de 2006...Feliz 2007!


Neste último dia do ano 2006, parece-me lícito e mais do que apropriado, utilizar este meu espaço para uma retrospectiva dos acontecimentos mais marcantes daquele que foi um ano importante na minha vida.

Recordo, que terminei o ano de 2005 de forma muito "sui generis", no final do ano passado tinha tomado muitas decisões de "ano novo", que sabia serem dificéis de conseguir, quer em termos pessoais, quer em termos profissionais. Para além disso, estava com uma infecção urinária do tamanho de uma casa e tinha passado o dia a acompanhar o "Lisboa/Dakar" pelo meio de montes e estava um frio de morrer, isto se tirarmos a chuva.

Quando chegamos a casa para a "passagem do ano", estava exausta, e ainda não tinham dado as 12 badaladas estava já meia a dormir no sofá, nem as pobres 12 passas comi. O facto de estarmos sózinhos também era de "per si" estranho, uma vez que foi a primeira vez (em muitos anos), que não tinhamos combinado nada com os amigos para aquele dia. O A. queria ir ver o Dakar ao Alentejo e os homens conseguem ser muito teimosos quando querem (o meu então é uma "mula").

O ano 2006 começou logo no dia 2 de Janeiro pela primeira tomada de decisão a nível pessoal, foi nesse dia, que com o meu médico decidi estabelecer um prazo de avançar para a FIV.

Em Janeiro ainda tomei grandes decisões a nível profissional, que viriam a culminar com um mês de Março e Abril super agitados, mas que me proporcionaram uma grande alívio e satisfação nos meses vindouros. Havia alguém num dos meus locais de trabalho que era causa de conflitos constantes e causa de problemas gravíssimos. No ínicio do ano foi altura de "bater na mesa" e dizer: -"Vou sair, com aquela pessoa não trabalho mais..."- Mas foi a criatura que me massacrava a vida e o trabalho há 5 anos que foi embora, e posso dizer que a felicidade foi colectiva e que foi um dos momentos mais felizes do ano no dia que isso aconteceu. É claro que, não há bela sem senão, e tive de abdicar de uma coisa (material) de que gostava muito, e em termos financeiros com alguns prejuízos, mas a nível pessoal foi bom, foi excelente. Os prejuízos rapidamente se recuperam e nada existe mais importante que a nossa paz de espírito.

A partir de Abril, o trabalho foi dobrado, mas feito com alegria e motivação extra, a equipa era boa e ficou excelente, os conflitos internos desapareceram e a produtividade aumentou, com benefícios para todos.

Cumpridos que estavam objectivos que considerava prioritários, pois acredito que o facto de andar sob um stress constante em termos laborais não contribuía em nada para poder ter um filho, em Maio decidi avançar para a FIV (estava agendada para Setembro), e em Junho, dia 26, lá comecei o tratamento. O resto, a maior parte de vós já conhece, por isso não vale a pena voltar a repetir.

O ano 2006 também foi importante, porque desde Fevereiro entrei neste "pequeno mundo", aqui aprendi muita coisa, conheci muitas histórias de vida que me fizeram sorrir e outras que me fizeram chorar. Celebrei muitos positivos com verdadeira euforia e entristeci-me com muitos negativos. Rejubilei com nascimentos e fiquei enlutada com perdas.

Foram vocês, antes da maior parte da minha família e amigos a saberem do meu tratamento, foram vocês a saberem em primeira mão as minhas angústias de cada vez que o ânimo desmoronava, foi convosco que partilhei o meu positivo em 4 de Agosto. São vocês, interlocutoras sem rosto (na sua maior parte) que vivem o meu dia-a-dia desde Fevereiro de 2006, e que me deram vontade muitas vezes para prosseguir, porque cada vez que eu julgava que tinha um problema do tamanho do mundo, eis que aparece uma com um problema maior, pronta a reagir e a seguir em frente.

Algumas de vós tive o privilégio de conhecer pessoalmente, outras ainda espero conhecer um deste dias.

Para todas, as que conseguiram durante este ano realizar o seu desejo de fazerem nascer uma vida, para aquelas que como eu aguardam a chegada dos seus bebés de ouro, para as que continuam a luta, para as que tiveram o sonho na mão e o viram desvanecer-se (principalmente para estas últimas), quero desejar um ano de 2007 muito feliz e que consigam realizar todos os vossos projectos, independentemente de conseguirem a maternidade física ou não.

Espero estar cá para acompanhar os sucessos e para consolar nos desaires, porque se é verdade que espero os meus pipis, também não deixa de ser verdade que sei o que custou, em termos psicológicos, para chegar até aqui. A infertilidade é uma realidade, e nunca vai deixar de fazer parte da minha vida, nunca poderei ficar indiferente perante uma mulher que quer um filho e não o consegue gerar, assim como nunca ficarei indiferente perante uma mulher que teve o privilégio de gerar uma vida e se pretende desfazer dela, ou perante aquelas que maltratam os filhos até à morte ou os abandonam à sua sorte.

Esta dissertação toda, só para dizer que tive (até ao momento),um excelente ano de 2006, e só peço que o ano 2007, a ser mau, que seja como este que hoje se finda.

Espero que entrem todas com o pé direito, comam as passas e bebam o champanhe, subam nas cadeiras, etc. que eu por cá vou ficar quietinha cá em casa, e é provável que nas 12 badaladas já esteja embalada a dormitar, porque este estado de pré-mãe, obriga-me a acordar muito cedo para dar o pequeno almoço aos pipis senão eles ficam zangadinhos e cheiinhos de fome.

Excelente 2007 para todas!

20 comentários:

kitty disse...

Amiga, fiquei emocionada com o teu post...
Desejo que o ano de 2007 seja um ano de concretização de sonhos!
Desejo-te tudo de bom!
Obrigada por fazeres parte do "meu mundo"!
Beijinho

Nina disse...

Aqui está um post longo que eu amei ler, não tivesses tu o dom da escrita!:)
Como sabes,foi através deste mundo que me deparei com a questão da infertilidade.
Tal como tu, chorei e ri relatos comoventes que não mais esquecerei e como eu cresci!
Este mundo da infertilidade, a que tanto me apeguei desde o primeiro momento, mostrou-me realidades que estavam longe da que eu vivenciava e fez-me olhar ainda mais à minha volta e valorizar tudo o que tinha conseguido, muitas vezes a custo mas, sem sombra de dúvida, a menos custo do que o que eu lia.
Hoje considero-me uma pessoa melhor...não que me julgasse má, bem pelo contrário, mas consigo enfrentar os meus obstáculos com uma serenidade bem maior, graças a tudo o que, mulheres como tu, me ensinaram.
Quis o destino que, duas grandes amigas, as madrinhas do Diogo( a virtual e a real), fossem contempladas pela infertilidade.
Hoje, graças a todas vós, que me abriram os olhos, poderei dar-lhes o meu ombro amigo e saberei dizer as palavras certas no momento certo...ou simplesmente estar calada e ouvir!
Há aqui pessoas extraordinárias e tu és uma delas, por isso terei, um dia destes, o prazer de vos conhecer e de vos abraçar!
Feliz 2007, minha querida!

Farófia disse...

Tudo de bom para 2007!! Feliz Ano Novo.

Muitos parabéns pelo casalinho.

Beijocas,
Farófia

neusa disse...

Espero que durante o ano 2007 realizes todos os teus sonhos.
Beijokas e um super 2007:)

PM disse...

Um Ano de 2007 EXCELENTE para vocês!!!!!

Tiquinha disse...

Para um ultimo post de 2006, um comentário fresquinho de 2007

Tiquinha disse...

eh lá!!
até parece que bebi,ou eu ou o computador.... :).. foi um ano dificil este que passou, mas 2007 sera certemente o teu ano, o vosso ano inesquecivel...
uma beijoca da pouco inspirada
tica

Pintas disse...

Só tenho mesmo a dizer-te que o teu post é lindo, tão bonito que espero continuar em 2007 a ler-te assim.
Parabéns pelos pipis - ele & ela -.
As amizades feitas aqui são únicas e muito especiais, só nós as sabemos disfrutar.
Obrigada pela amizade e FELIZ 2007.
PINTAS

Clara Sonhadora disse...

(Sobre)viver é uma aventura, mesmo!

Que seja um ano repleto de coisas boas para ti e para os teus.

susana pina disse...

Não tenho palavras...
Obrigada pelo teu carinho.
Obrigada por estares sempre aí e por nunca te esqueceres de nós.
Bj do tamanho do mundo e um óptimo 2007 par ti e para os teus pipis.
Susana

Anna72 disse...

Parabéns por este post! Muito bem escrito!

2006 foi sem dúvida um ano em cheio para ti e 2007 será ainda melhor, com a chegada dos pipis.

Feliz 2007!

Angela disse...

Bom ano amiga !!
Obrigada pelo post, vale a pena ler e reler.
Um grande beijo para ti e para os teus pipis

x disse...

Estou tão satisfeita pelos teus bebés :) Que 2007 seja o primeiro ano de muitos cheios de amor e felicidade para todos vós!

Beijokas da Rodelinhas

Ana disse...

Ainda não tinha comentado, porque não tinha ainda conseguido ler o Post até ao fim. Fiquei muito emocionada e não o consegui à primeira!
Desejo-te todas as felicidades para este ano e todos os que por aí vêm!
Que os teus pipis venham cheios de saúde preencher a tua vida!

Feliz 2007!!!

Beijocas ENORMES

Sem Desistir disse...

Amiga, é sempre muito confortante termos o teu carinho, sem dúvida necessário para esta luta que travamos. Desejo que 2007 te traga muita saúde, paz e amor. Tudo de bom para ti.
Beijinhos doces

Norita disse...

Parabéns pelo casalinho :)
É sem duvida a melhor prenda que se pode receber e tu mereces.
Em relação ao teu post, deixa-me dizer que adorei, aliás como todos os outros, escreves de uma forma que cativa e se a tese tivesse mil folhas, mil folhas eu li-a :) Que 2007 te traga só momentos felizes e a continuidade de toda a feliciadade que vives-te em 2006.
Parabéns e bom ano de 2007.
Beijinhos

carla disse...

Amiguinha,
Espero que o ano de 2007 só te traga momentos de grande felicidade e alegria, e que saibas sempre ultrapassar os obstáculos que vão surgindo ao longo do caminho...
Espero também do fundo do coração que a nossa amizade se fortaleça ainda mais.
Muitos, mas muitos beijinhos cheios de carinho e de ternura.
Carla

cris disse...

Amiga
Ao ler o teu relato pensei nas mudanças que ocorreram na tua vida em 2006! E na minha por te ter conhecido, a assim, com a tua ajuda, conseguir lidar melhor com a infertilidade!
Obrigado
Beijocas

YAMI disse...

Linda

Que post excepcional!!

Desejo mesmo um grande ano para ti!

yami

Bernardina disse...

Um post longo sobre 2006 mas que inspira quem o lê!

Um excelente 2007 para ti... só te posso mesmo desejar o melhor do mundo!

Beijos grandes